Posts from the ‘materias’ Category

Boat Racing – Oxford x Cambridge.

06-04-11

Oi queridos
Aqui na Inglaterra, mais precisamente em Londres existe uma competicao entre duas universidades, Oxford e Cambridge. Sao 8 homens para cada equipe e mais o tecnico. Lindo de se ver.
Este ano eu fui 🙂
Esta disputa comecou entre dois amigos, Charles Merivale de Cambridge e Charles Wordsworth de Oxford em 1829.
No decorrer dos anos o percurso foi mudando como a frequencia e a atencao da midia, se transformando em um evento anual e de enorme visibilidade.
Essess barcos sao os da imprensa, tvs, radios, tudo ao vivo..D+.
A corrida termina atras da minha casa aqui em Londres, no bairro Mortlake.
Tem inclusive barcos VIP no Tames, e toda a galera se reune desde cedo para assistir.  A primeira corrida  eh a dos Juniors  e soh depois vem  a principal.
Este ano estava um dia chuvoso e friozinho, o que eh realmente um dia tipico daqui. 🙂 mas mesmo assim era uma multidao de gente, bem dizendo uma festa!!
.. e la vem eles.. auhuahuha.. este ano quem ganhou foi Oxford, com uma razoavel distancia :))
Ja na expectativa para ver quem ganha ano que vem.. Eu estava torcendo para Oxford 🙂
Vou colocar aqui um video para ilustrar, e para mais facil vcs entenderem..
Muita forca e dedicacao.. Parabens!!
Um dia para nao esquecer.:)  Vivendo coisas inimaginaveis.
Vou colocar um trecho em Ingles abaixo, mais completo, e um link que fala tudo sobre a corrida.
………………………………………………………..
The Oxford and Cambridge Boat Race
The idea for a rowing race between the Universities of Oxford and Cambridge came from two friends – Charles Merivale, a student at Cambridge, and his Harrow school friend Charles Wordsworth (nephew of the poet William Wordsworth), who was at Oxford.

On 12 March 1829, Cambridge sent a challenge to Oxford and thus the tradition was born which has continued to the present day, where the loser of the previous year’s race challenges the opposition to a re-match.
The Modern Boat Race still runs along the same lines but has now become a major international sporting occasion drawing millions of viewers from around the world.
On Race Day up to 250,000 spectators crowd the banks of the Thames from Putney to Mortlake to witness the action.
Cambridge currently lead the series since 1829 by 80-75. Cambridge won the 2010 Race.
The 157th Boat Race takes place on Saturday, 26 March 2011 at 17:00.
Take Care guys..
Abracaooo
Sam

Games maker – London 2012 – Volunteer.. Voluntarios.

28-02-11

Hi mates. Oi galerinha

Aqui esta o link para os jogos de 2012. Mantenha -se informado. :)) Vai ser tudo de bom, o site esta em ingles, mas o google esta ai pra quem nao entende, traducao!! :).

Eles ainda estao selecao dos voluntarios, mas tem a compra de tickets e muito mais.

Eu ja fiz minha entrevista, fiquem na torcida heim!.

http://www.london2012.com/get-involved/volunteer/london-2012-games-makers/timeline.php

So, the first Games Maker applicants were interviewed yesterday – were you one of them?! Tell us how it was! We’ll be sending out invitations throughout the year, so if you haven’t had one yet, there’s still plenty of time. Take a look at the timeline for details of the applicant journey.

Give a look at the link  of the games. 🙂

From: Game Makers, Facebook.

Big kiss

Beijaooo

Sam

 

Academias se adaptam para receber deficientes em busca de socialização

17-02-11

Oi gurizada 🙂

Olha soh,  huahuah … uma cademia em SP se adaptou toda para receber deficientes

Uma iniciativa linda.  Integracao total!! 🙂  Temos que dar o nosso apoio, para que entao outras academias facam o mesmo :))

De tirar o chapeu!

.”Estabelecimentos de SP têm professores especializados para cadeirantes.
Alunos buscam reabilitação física, estética e ambiente agradável .”

Reduto de pessoas com corpos perfeitos e muita disposição, as academias muitas vezes são um ambiente hostil para quem tem algum tipo de deficiência física. Fazer exercícios, entretanto, é fundamental para a reabilitação física e psicológica de quem tem limitações de movimento. Pensando nisso, academias e até mesmo parques de São Paulo desenvolveram programas com equipamentos especiais para deficientes.

Leia mais no link abaixo…..

……   Estética e socialização
Além de fazer um trabalho específico para cada pessoa, verificando quais as suas limitações e a partir daí definindo os exercícios, as academias também trabalham com a socialização dos alunos. “O trabalho é direcionado com a proposta de, através dos exercícios, melhorar suas funções para as atividades da vida diária. Os exercícios são voltados para o fortalecimento, amenizar as assimetrias e integrá-los no meio ambiente da academia com a missão de fazer amigos e estarem bem fisicamente”, afirma Wilmar dos Santos Villas, da Cia Athletica, que cita a criatividade e o bom senso como armas dos professores. …

http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2011/02/academias-se-adaptam-para-receber-deficientes-em-busca-de-socializacao.html

Espero que vcs curtam, e que isto sirva de exemplo para outros estados. Vamos la gente  eh tempo de mudar, de melhorar , de integrar!! :))

Quem esta em sampa hahuha tudo na mao heim, vai la e aproveite !!  Corpo e mente sa !!

Por : Juliana Cardilli

Fonte: G1 SP

Beijokasssssssssss

Sam

Modelos com Deficiência. Porque a pessoa com deficiência também é bela.

16-02-11

Gentemmmmm

.. um artigo sobre modelos deficientes.

Publicado por: Ricardo Shimosakai..

Grande companheiro, nesta luta por igualdade, direitos e etc :))  e querendo viajar eh somente falar com ele!!

Leia na integra, acessando o link abaixo:

http://turismoadaptado.wordpress.com/2011/02/04/modelos-com-deficiencia-porque-a-pessoa-com-deficiencia-tambem-e-bela/

Samanta Almeida Bullock, nasceu em Osório no Rio Grande do Sul e atualmente mora em Londres, na Inglaterra. Atleta de Tênis em cadeira de rodas, também atua como modelo desfilando e sendo fotografada para diversos trabalhos. É uma das garotas propaganda da We Adapt, uma empresa Portuguesa que produz roupas pensando em proporcionar bem-estar e qualidade de vida às pessoas com deficiência através das suas propostas FashionMe (Casual e “Alta Costura”) e BodyMe. Na verdade, Samanta já modelava e jogava tênis antes de levar um tiro aos 14 anos de idade, que a deixou em cadeira de rodas, então ambas as atividades foram uma retomada de sua vida.

Muitas pessoas sonham em ser modelo. Não muito tempo atrás, uma carreira de modelagem teria sido completamente impensável para cadeirantes. No entanto, graças pessoas corajosas e confiantes como Samanta é que, a percepção negativa dos cadeirantes, que infelizmente ainda existe em nossa sociedade, está mudando gradualmente, como ela explica: “Como modelo, eu estou sujeita a exatamente as mesmas exigências como todas as outras modelos. Em outras palavras, eu tenho que ser muito disciplinada no que diz respeito a minha dieta, tenho que ser ativa, tenho que contar calorias assim como outras modelos e, claro, eu tenho que cuidar da minha aparência.”

No Brasil, já tivemos algumas iniciativas de desfile onde havia a participação de pessoas com deficiência como o desfile “Bela à Vista” que aconteceu em Recife, e teve a participação de 15 modelos com deficiência visual. O Concurso de Moda Inclusiva para pessoas com deficiência, que já aconteceu duas vezes em São Paulo, premiou os melhores looks, criados por jovens estilistas, e que foram mostrados através de um desfile com pessoas de diferentes tipos de deficiência. Um outro desfile invadiu o Salão Negro do Congresso Nacional no Senado Federal em Brasília, fazendo parte da VI Semana de Valorização da Pessoa com Deficiência.

Superar deficiências físicas e mergulhar no trabalho de modelo é o que a fotógrafa Kica de Castro, proporciona a jovens que sofrem com o preconceito. Ela montou uma agência de modelos para trabalhar com pessoas que tenham algum tipo de deficiência física depois de trabalhar num hospital e centro de reabilitação. “Em 2002 aceitei o convite para fazer fotos científicas em um hospital e centro de reabilitação para pessoas com deficiência física”, contou.

Entretanto, apesar de ter ficado na instituição durante cinco anos, o trabalho não satisfazia a fotógrafa. “Eram fotos muito quadradas, pareciam presidiários. Então comecei a fazer fotos para resgatar a auto-estima das meninas e percebi que elas tinham sonhos”, disse. Kica afirmou que algumas pacientes tinham sonhos de serem modelos, mas sofriam preconceito por terem nascido ou sofrido alguma deficiência física na vida.

Durante o tempo em que trabalhou no hospital e centro de reabilitação, a fotógrafa fez pesquisas sobre o assunto. “Percebi que há muito mercado para modelos com deficiências físicas”. Segundo ela, na Alemanha existe um concurso chamado “A mais bela cadeirante” e na França há uma espécie de reality show para pessoas com deficiência física.

A fotógrafa uniu o útil ao agradável: montou a agência e começou a oferecer as fotos das modelos com deficiência física para alguns amigos empresários. “Como eu já havia trabalhado com campanhas publicitárias, procurei alguns amigos empresários. Mas todos recusavam porque as meninas tinham alguma deficiência. Então comecei a apresentá-las como se não tivessem nenhuma deficiência e todos topavam na hora”, revelou.

O preconceito, desabafou a fotógrafa, é difícil de vencer. “Depois que os empresários ficavam sabendo que as modelos tinha alguma deficiência física, muitos desistiam. Os que continuavam pediam para não dizer que as meninas eram deficientes”, contou. Como isso acabava prejudicando a auto-estima das próprias modelos, a fotógrafa procurou uma empresa da Alemanha. “Eu fotografava aqui e mandava o material profissional para lá. Eu e as modelos éramos remuneradas”, disse.

Muitoooo show..

Obrigado querido, … ainda nos encontramos no Machu Piccho :))

Abraco a todos;

Sam

A Diverse Nation – Awards 2010 – channel 4

13-02-11

Hi guys

I appeared  in the opening  sequences  for the CDN Awards on  Channel 4.

The day we filmed was sooooo cold!

Take a look at the link: http://www.channel4.com/programmes/diverse-nation/4od#3160931 I only appear at the beginning and in the breaks but the whole show is nice. Channel 4 is doing a great job.

PS: They introduction..

Diverse Nation goes behind the veil of the Cultural Diversity Awards 2010, hosted by Gok Wan. It rips up the award show format to provide revealing, intimate films on the nominees as well as on famous faces from the world of media.

Nel Hedayat breaks down her journey to Afghanistan for BBC3’s Women, Weddings, War and Me, and the programme meets the director of Channel 4’s My Big Fat Gypsy Wedding, and takes a stroll through Brixton Market with Wunmi Mosako from I Am Slave.

The film also goes back to school with Reggie Yates, takes a walk down Brick Lane with Konnie Huq, and visits Graeae theatre with Cerrie Burnell, and Stoke Mandeville with Ade Adepitan, to understand their paths to success.

Diverse Nation provides a fascinating insight into the workings of the British TV industry, representing those that appear in front of as well as behind the camera, and demonstrating how committed TV is to representing diversity in all its aspects.

 

Hope you like

With love

Sam

Oi gente

Eu estou na abertura da ‘CDN Awards’  Premiacao do Canal 4.

O dia que eu filme estava muitooo frio.

De uma olhada no link assima. Eu somente apareco no inicio e nos intervales da premiacao mas todo o episodio eh muito bom. Eu nao sei se sera possivel assistir do Brasil,mas eh interessante tentar:)

O  Canal 4 estar fazendo um maravilhoso trabalho.

Espero que vcs gostem.

Com amor

Sam

Minha entrevista com Deby… :)

31-10-10

.. galera de uma olhadinha la no blog dela.. o link esta abaixo.. hauhuahuha..

ela agora tbm esta vendendo produtos p/ o Brasil.. chic neh.??!.. e o preco baratinho..!! Otima ideia para presentes de Natal!!

www.debyonline.com.

um carinho.. uma indicacao!!

bjokas

Sam

DEVELOPING WHEELCHAIR TENNIS IN IRELAND (Sep-09)

30-10-10

About this day.. this demonstration.. this tournament..

….Mark mentioned that 60% of wheelchair users in Ireland are pretty much inactive. I think it would be fantastic if we could bring some of these people into tennis, and get them involved in clubs all over Ireland….

DEVELOPING WHEELCHAIR TENNIS IN IRELAND.

 

 

……With a newly developed sports chair now available for a little over €200, this is the time for all coaches and clubs  to consider how they can integrate wheelchair players into their everyday playing and coaching programmes…..

http://www.leinstertennis.ie/news_item_senior.php?number=399&type=Event&archive=No

Enjoy…..

xxxx

Sam